Circuito de VP em DVD

Circuito do Vídeo Popular em DVD

A proposta é uma parceria permanente entre diversos projetos de exibição e realizadores de vídeo popular. A idéia é istribuir o vídeo popular realizado para projetos populares de exibição. A preparação dos programas teve início em 2009, 2010 e 2011. Pensou-se inicialmente em realizar programas temáticos. Com o passar do tempo, percebemos que isso não era prioritário e que a maioria dos exibidores não projeta cada programa integralmente, mas seleciona vídeos e integra à outras programações. Para entrar em contato, escreva para videopopular@gmail.com
*
PROGRAMA I – São Paulo em Cena
*
Narrativas da Sé, 20 min, 2008, exp
Diogo Noventa – Companhia Estudo de Cena
Exercício videográfico em oito cenas realizadas a partir da observação de situações vividas na Praça da Sé em São Paulo
Contato: diogo90@ig.com.br
*
*
Em Busca do Gozo Perdido, 15 min, 2007, doc
Alex Mountfort e Fernando Rodrigues Frias – Oficinas Culturais Oswald de Andrade
*
*
PROGRAMA II – Videolência
*
Videolência, 60 min, 2009, doc
Violência é a imagem perdida em valore$ sugados do ser que somos, transfigurada e transformada em Imaginário! Se auto policiando, se viciando em programas televisivos que criam uma realidade Doentia, onde olhares anêmicos forçam-se para enxergar um palmo à  frente do nariz e assim Entender os porquês de tanto controle, vigilância, possibilitada por novos recursos tecnológicos. No farol somos mais uma imagem captada sem direito a Oscar. Mas intrometidos aprendemos ser, e com o lixo tecnológico também produzimos imagens. A periferia aprendeu a se Levantar com as próprias pernas. É da tábua a alvenaria; e do lápis aos pixels! Encarregados de reconstruir a imagem estuprada à mais de cinco séculos somos nós, muita responsabilidade para pouco aparato. Num balaio de imagens, a história de grupos que fazem do vídeo uma arma de luta contra as injustiças sociais, Comumente dramatizadas pelos Faustões e Datenas das antenas de TV. Imbassado, o olhar, o clima… Sai de cima vampiros de gravata, queremos o que é nosso e pouco tem. A ver com dinheiro, queremos novas relações humanas. Uma velha/nova concepção de vida, pra cicatrizar as feridas que todos temos…
Contato com os realizadores: ncanarede@gmail.com
*
*
PROGRAMA III – Ficções
*
Sobreviva, 9 min, 2008, fic
Rodrigo Paschoalin – Oficina Básica de Criação Audiovisual e Cineclube Consciência – Jundiaí
Hoje em dia em meio às cidades, dentro de ônibus, trens e carros ou até mesmo no escuro do nosso quarto procuramos alternativas e soluções para nossos problemas. Porém o que nos falta é tempo e argumentos para questionarmos o que temos e o que somos. Estamos em um tempo aonde a informação é bem diferente do conhecimento. O filme Sobreviva vem nos mostrar de uma forma diferente como muitas vezes encaramos nossos problemas do cotidiano.
Contato: magriximus@yahoo.com.br
*
*

O Grande Vencedor, 15 min, 2009, fic

Jucélio Santos – Cine Favela
*
*

Desencontros, 4 min, 2007, fic

Direção coletiva – Fabicine
*
*

Katmandu – Por dentro do cotidiano, 14 min, 2007, fic

CarlosCarlos – CNSA
*
PROGRAMA VI – República
*
*
República, 60 min, 2009
Diogo Noventa – Companhia Estudo de Cena
Contato: diogo90@ig.com.br
*
PROGRAMA VII – Infantil
*
*

Velho bola murcha, 5 min, 2007, ani

Rodrigo Eba – Grafitti com Pipoca
Um velho colecionador de bolas furadas resolve fazer amizade com duas crianças do bairro.
Contato: cjvilhena@yahoo.com.br
*
*

Sem terrinha em movimento, 17 min, 2009, doc

Roteiro e direção Coletiva – Setores de Educação, Cultura e Comunicação do MST
O documentário Sem Terrinha em Movimento, lançado em Maio de 2009, foi construí­do coletivamente pelos Setores de Educação, Cultura e Comunicação do MST. A iniciativa se deu a partir da necessidade de incentivar e fortalecer o debate sobre a infância dentro do Movimento, reconhecendo a criança como sujeito, como quem participa da organização de acampamentos e assentamentos, além de estar presente nas mobilizações, encontros, congressos e, até mesmo, nas ocupações. O roteiro do documentário é pautado por quatro pontos que se entrelaçam: infância e pobreza no Brasil; infância dentro do Movimento Sem Terra, tendo como foco a participação das crianças na luta; acúmulo do MST em relação à infância, ressaltando, principalmente, as Escolas Itinerantes e a Ciranda Infantil; e os desafios, dentro do tema, para contribuir com a construção de uma sociedade justa e igualitária. Além de imagens e depoimentos originais e de arquivo, o coletivo que produziu o vídeo se utilizou de outras idéias audiovisuais. A animação, feita a partir de desenhos dos próprios Sem Terrinha, bem como a utilização de textos elaborados por eles fazem com que o documentário de 15 minutos também seja atrativo às crianças, mesmo tendo como objetivo incentivar e fortalecer o debate entre os militantes adultos, principalmente educadoras e educadores, e, é claro, pais e mães..
Contato: fliperama@gmail.com
*
*

Tudobolô, 14 min, exp

Diogo Noventa
Documentário lúdico sobre a re-criação e re-leitura de brinquedos futuristas e milenares como escado-de-jacó, corrupio e jabolô, feitos pelo poeta Francisco Marques (Chico dos Bonecos).
Contato: diogo90@ig.com.br
*
*

Um amor salgadinho, 4 min, 2004, ani

Camila Verdum, Ingrid Gonçalves, Juan Borges Berruesco, Lorenço Menezes Vieira, Melina Galvão, Regiane Bueno, Renata Cristina Freire, Idrani Taccari, Rafael Lobato – Oficinas Kinoforum. Animação que utiliza predominantemente a técnica da colagem. O desespero e as súplicas de um salgadinho muito especial.
Contato: oficinas@kinoforum.org
*
*

Sobre frutas e garotas, 5 min, 2004, ani

Edna Maria Felipe, Janiele Gomes, Patricia Alves Vaz, Patricia Costa, Robson dos Santos, Valéria Ap. da Silva, Vanice Deise – Oficinas Kinoforum
Animação que utiliza predominantemente a técnica “pixilation”. Frutas, uma jovem grávida e seu bebê se comunicam com a maior facilidade..
Contato: oficinas@kinoforum.org
*
*

Nhanhonhama Paulista, 3 min, 2007, exp

Diego F.F Soares
A correria da grande São Paulo pede uma pausa para o chocolate,não? !
Contato: diegotocacantil@gmail.com
*
*

Acadêmicos do Morrinho Parte 1, 4 min, 2006, fic

Direção Coletiva – TV Morrinho
Minutos antes de entrar na avenida, o intérprete do samba da Acadêmicos do Morrinho, o MC Marquinho, entra em crise e pede conselhos ao mestre Renato, colocando em risco o desfile.
Contato: tvmorrinho@uol.com.br
*
*

Acadêmicos do Morrinho Parte 2, 4 minm 2006, fic

Direção Coletiva – TV Morrinho
Acadêmicos do Morrinho entra na avenida e encanta o público. Será que a escola vai ganhar o estandarte?
Contato: tvmorrinho@uol.com.br
*
PROGRAMA VIII – Experimental
*
*

A Carne, 8 min, 2007, exp

Fernando S. Soares e Rosi – NCA (Núcleo de Comunicação Alternativa)
Uma mãe não se conforma com a morte de seu filho.
Contato: ncanarede@gmail.com
*
*

Merreis, 17 min, 2003, doc

Filipe Freitas e Leandro HBL
Grupos de amigos viajam ao Rio de Janeiro, chegando lá eles se deparam com situações improváveis que lhes remetem ao mundo ficcional.
Contato: poesianatural@gmail.com
*
*

Pela Metade, 5 min, 2007, fic

Ana Divino – Cinema de Guerrilha
Ronaldo tenta capturar um evento que se repete em sua vida.
Contato: anadivino@yahoo.comHYPERLINK “mailto:odesprezo@gmail.com”   / HYPERLINK “mailto:odesprezo@gmail.com” odesprezo@gmail.com
*
*
Foi sonhar com ela , 10 min, 2006, fic
Julio Fonte – Cinema de Guerrilha
O fim de uma relação casual leva uma pessoa a diversos tormentos. Sobre a Perda, sobre o tempo, sobre a morte.
Contato: odesprezo@gmail.com
*
*

Onomatomania, 3 min, 2006, exp

Diego F.F Soares – NCA
O video entra em conflito através de imagens, para questionar a eleição em São Paulo
Contato: ncanarede@gmail.com
*
*

Programa Bola e Arte – Morro de Santa Marta/RJ, 13 min, 2008, tv

CarlosCarlos – CNSA
Programa Bola e Arte viaja ao Rio de Janeiro e bate um papo com Fiell, rapper e cineasta morador do Morro de Santa Marta, assim como com outros representantes da comunidade.
Contato: carlosamarelo@gmail.com
*
*

EU 44, 5 min, 2009, doc

Wilq Vicente – Wilq Vicente e Carol Mesquita
Um não lugar, invadido por uma jovem em seu cotidiano. Afetada por algo ou quem sabe um fato, que a faz penetrar através de portas ao que lhe é desconhecido. Pronto, fez-se a pausa em sua vida. O silêncio da dor e a narrativa supostamente real e indefinita.
Contato: wilqvicente@gmail.com
*
*

Tá me ouvi-vendo?, 4 min, 2009, exp

Rogério Pixote – Cinebecos
Vídeo com eixo no texto Trabalhadores do Brasil, de Marcelino Freire em diálogo com os filmes Terra em Transe e Di-Glauber, de Glauber Rocha. A interpretação fica por conta de Luciana Dias e Rogério Pixote criou as peças para montar o quebra-cabeças.
Contato: umpixote@gmail.com
*
*
PROGRAMA IX
*
*

O Canto de Acauã, 15 min, 2009, doc

Direção Coletiva  – Brigada de Audiovisual da Via Campesina
O documentário relata os problemas enfrentados pelas comunidades ribeirinhas depois da construção da Barragem de Acauã. A obra, construída para abastecimento de água, lhes tirou a terra, a moradia e o trabalho, ou seja, as condições para a vida digna. Não foi garantido nem o abastecimento de água para essas famílias, muito menos o acesso à saúde e à educação. Imagens coletadas em 2002, um pouco antes de a barragem ser concluída, mostram como era a vida das comunidades, as casas, o posto de saúde, etc. O vídeo faz parte de uma campanha nacional do MAB que visa denunciar a violação dos direitos humanos por ocasião da construção de barragens em todo o país.
Contato:  fliperama@mst.org.br
*
*
Mestres da Gaita, 10 min, 2008, doc
Rodrigo Santos Souza – Mundo em foco – Série Jovem Mundo Social
Documentário sobre a importância da gaita e da amizade na vida de dois mestres deficientes, responsáveis pela única orquestra de gaitas na América do Sul, no Tendal da Lapa.
Contato:  rodrigo@mundoemfoco.org
*
*
1º Encontro de Djs, 11 min, 2009, doc
Negro JC Negro JC, Montanha Anderson – Filmagens Periféricas
1º Encontro de DJs é um vídeo histórico e inédito no Brasil, com a participação de vários DJs do cenário Hip-Hop Paulistano exaltando a resistência do vinil e promovendo um intercâmbio
da DJ Delise da Espanha.
Contato:  filmagensperifericas@hotmail.com
*
*

Saindo da Lixeira, 46 min, 2009, doc

Filipe Freitas – ALMA Ambiental
Conjunto José Bonifácio, Itaquera, Zona leste de São Paulo. Em meio a crise financeira mundial, o vídeo documenta o dia-a-dia da catação e coleta de resíduos, trazendo a tona o olhar, os desafios e sentimentos das pessoas que vivem da reciclagem. Expondo a complexa problemática do lixo em São Paulo, o vídeo tem como pano de fundo a ação artística e educativa do grupo Alma Ambiental, formado por jovens de bairros que buscam agir e contribuir para a mudança de consciência junto a comunidade.
Contato: maurelli_4@hotmail.com
Foram lançados mais programas.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s